23 junho 2010

Xilogravura / Wood Cut / Wood Engraving

20101983
  • Xilogravuras feitas em diferentes épocas (são 27 anos entre os dois momentos de gravação). 
  • A primeira, mais acima, mais clara e mais detalhada, foi feita este em 2010 sobre uma placa de resingrave, medindo 10.2X15.3cm. É uma xilogravura de topo (wood engraving) impressa em prelo de prova (semi-mecânico).
  • A segunda, logo acima deste texto, foi feita em 1983 (perdi a matriz). Utilizei uma placa de madeira canela medindo 18.5X14cm, dando um tom de wood engraving, embora seja uma xilogravura de fio. Foi impressa   à mão com uma colher de pau. Isso tornou possível dar aos guarda-chuvas um sentido de volume  sem que houvesse gravação para isso.  Pertence a uma série não "fechada" sobre pessoas na chuva. Foram tiradas 20 cópias sobre papel de base sintética.
  • Pode-se se perceber os dois momentos. Na juventude a simplicidade, o momento, poucos detalhes, mas ainda presente o slide, o objetivo da imagem preservada. Na velhice, talvez um pouco mais da compreensão do mundo e sua complexidade, mais detalhes, mais pormenores, embora prevaleça a inexorável clareza de que tudo ficou um pouco mais triste.
  • O motivo de eu fazer essas gravuras é bastante simples: essa imagem é a mais antiga que tenho na lembrança. Certa vez saindo com minha mãe em um dia de chuva, lembro-me dessa cena de forma marcante. O ano era 1958 e o lugar era próximo à Estação Ferroviária da Central do Brasil, no Centro do Rio de Janeiro. A época e a lembrança que ficaram trouxe à gravura um certo "ar" de Martin Lewis ao trabalho.

2 comentários:

  1. Legal, parece mesmo a década de 50/60. A expressão das pessoas na gravura mais recente ficou bem mais interessante. Mas a duas estão muito boas.

    ResponderExcluir
  2. maravilhoso, estou estudando gravura e esse seu trabalho foi ótimo pra ilustrar as duas técnicas.
    obrigada e parabéns.

    ResponderExcluir