11 agosto 2010

Tankas, Hai-kais &

No céu de algodão
brancas nuvens
ignoram e passeiam
(bando de passarinhos).
Cá de baixo
observo meio desatento
esse mínimo balé:
Um sol de purpurina,
um tolo horizonte
e esta boba rima.
  • Ilustração em meu sketchbook para uma ousadia poética (outra?). Desenho feito com aquarela e lápis de cor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário