28 setembro 2010

Xilogravura / Wood Cut (Paulo)


  • Gravura em madeira sobre uma matriz de pau-marfim medindo 14.9X21.3 cm  e papel de impressão com 25X33cm.
  • Como podem ver eu gosto bastante de fazer retratos, principalmente de amigos. Esse é Paulo Symões, ilustrador, pintor e gravador, companheiro de atelier de gravuras.  
  • Essa gravura foi feita pelo método da "matriz perdida". Na verdade utilizei duas matrizes perdidas e trabalhei com quatro cores. Ao lado a imagem da matriz final no prelo de provas. As faixas brancas são fitas que ajudam no sistema de registro e protegem o papel do contato com a tinta que possa ter sido deixada pelo rolo na passagem da cor.
  • Nesse trabalho não utilizei qualquer outra ferramenta que não um Dremel da Beltec e brocas redondas de grande poder de corrosão. Não usei brocas de v invertido porque o nível de detalhe não exigia.
  • Foram impressas 28 cópias (pensando nas perdas por erros de impressão).
  • As imagens devem ser vistas de baixo para cima. Primeiro uma chapada em creme, em seguida uma cobertura pouco definida da imagem em amarelo. O terceiro passo foi imprimir uma imagem melhorada em cinza e por último a definição da imagem na cor preta.
  • O segredo desse método está em conseguir um bom sistema de registro de imagem.
  • Utilizei papel Canson 250 g/m2 próprio para desenho, sem rugosidade, de forma a produzir um efeito quase plástico das tintas.
  • As cópias ainda não estão completamente secas. Não sei quantas sobrarão após o "controle de qualidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário