15 outubro 2010

Tankas, Hai-kais &

Esparramado no quarto
colho lembranças esparsas
que escaparam de um dia.
Umas se entregam
vencidas na busca.
Outras só
com tapas e safanões.
Algumas me vencem
em argumentos
dizendo só pertencerem
a um sonho.
  • Nova epopéica tentativa poética. Ilustração em meu sketchbook. Foi feito com aquarela, nanquim e parafina raspada sobre o papel e friccionada com vigor até criar áreas impermeáveis no papel. Isso não permitiu o tingimento do papel pelo nanquim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário