15 setembro 2012

Fortaleza da Conceição

Via Flickr:
Inaugurada em 1718 para proteger a Cidade do Rio de Janeiro de novas invasões (após duas tentativas pelos Franceses 1710 (Duclerc) e 1711 (Duguay-Trouin), tornou-se a única unidade militar defensiva do mundo proibida de atirar. Após ser inaugurada, por ficar muito próxima ao Palácio Episcopal (antigo Palácio do Bispo) sofreu reclamação à Corte sob a alegação de que os tiros poderiam abalar as estruturas daquele Palácio. A Corte atendeu a Igreja e a Fortaleza nunca mais disparou um tiro.
Em 1885 tornou-se uma Fábrica de Armas (imaginem, com aquelas três janelas enormes viradas para a praça). De 1891 a 1894 tornou-se prisão para militares e civis a serem deportados.
No século XX passou a sediar o Instituto Geográfico Militar. Foi tombada pelo IPHAN em 1938. Hoje abriga a 5ª Divisão de Levantamento, organização militar ligada à Diretoria de Serviço Geográfico (DSG).

Utilizei lápis e aquarela em um caderno feito com sobras de papeis para gravura em metal.

Veja no Mapa Ampliado do Google Maps: Exibir mapa ampliado

6 comentários:

  1. Muito interessante essa informação histórica. Leva-me a concluir que essa corrupção ligada à construção de obras megalómanas que se sabe de ante-mão não servirem sequer para o fim a que são destinadas, tem raízes antigas e ainda hoje está activa.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luis !!! Não contei tudo. Houve ainda o fato de a Coroa Portuguesa haver doado ao Episcopado uma lâmpada (lamparina) de prata para que o bispo se acalmasse do incômodo submetido.
    Era uma época em que o Estado e a Igreja Católica se confundiam em conluio para muitas afrontas ao bom senso e humanidade.
    Hoje essa influência, creio, migrou da Igreja aos Partidos Políticos, que se querem confundidos com o Estado Nacional... mas não querem mais as lamparinas... preferem cash.

    ResponderExcluir
  3. OI Angelo parabéns pelo seu trabalho! é incrível, muito bom!
    Eu estou fazendo mestrado em arquitetura é sobre habitação no centro do Rio.
    estou defendendo a dissertação em abril
    gostaria de usar seus desenhos no meu trabalho com as devidas referencias, claro.

    gostaria de saber se tudo bem e conhecer mais do seu trabalho.

    Abraços Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paula,

      obrigado pela visita.
      Com referência pode usar sim.
      Você pode conhecer mais do meu trabalho visitando o Flickr, no endereço http://www.flickr.com/photos/angeloarte/
      Lá os trabalhos estão mais bem segmentados.

      Abraços.

      Excluir
  4. Prezado Angelo.
    Sua produção artística me causa muita inquietação, pela quantidade de obras e variedade de técnicas que utiliza. Essa "atitude criativa e compulsiva" é algo realmente admirável.
    Cordiamente.
    Mario

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mario,

      obrigado pela visita.
      Tenho publicado pouco ultimamente.
      Visite meu Flickr em http://www.flickr.com/photos/angeloarte/

      Em breve colocarei um pouco mais de minha produção.

      Grande abraço.

      Excluir